Probióticos e sistema imunitário

As infeções respiratórias são muito prevalentes nos meses mais frios e uma causa de morbilidade em crianças e adultos. Um estilo de vida saudável e uma dieta variada e equilibrada desempenham um papel importante no reforço das defesas imunitárias agora que se aproxima mais um inverno. A toma das já conhecidas vitamina C e vitamina D, e de probióticos específicos, pode ser um bom complemento para reforçar as nossas defesas imunitárias.

O intestino é uma das principais barreiras entre o meio exterior e o meio interior. A microbiota intestinal tem um papel primordial no amadurecimento e na manutenção do sistema imunitário dado que 70% do sistema imunitário se encontra no intestino1.

Por este motivo, o consumo de determinados probióticos ajuda a manter a microbiota intestinal equilibrada. É o caso de SYMBIOSYS Defencia®, suplemento alimentar com probióticos e vitaminas, composto por estirpes bacterianas cientificamente testadas e que se apresenta como o seu aliado para as defesas imunitárias 2-5.

O SYMBIOSYS Defencia Adults® contém as estirpes Lactobacillus Rhamnosus LR04, Lactobacillus plantarum LP02, Bifidobacterium lactis BS01 e vitamina C, que contribui para o normal funcionamento do sistema imunitário. A sua versão para crianças – SYMBIOSYS Defencia kids® – contém Bifidobacterium lactis BS01, Lactobacillus Rhamnosus GG e vitamina D, que contribui para o normal funcionamento do sistema imunitário das crianças.

O que são probióticos? O que nos dizem os estudos?

Os probióticos são microrganismos vivos protetores que se encontram em alguns alimentos e ou suplementos. Estes microrganismos contribuem para o equilíbrio da microbiota intestinal e conseguem modular a resposta do sistema imunitário.

A suplementação regular de algumas espécies de probióticos tem demonstrado benefícios na redução do risco de infeções respiratórias sazonais, com alguns estudos a demonstrar uma redução de 28% da sua incidência, menos 33% de risco de gravidade, menor duração dos sintomas e uma redução até 50% da necessidade de tomar antibióticos. Os benefícios têm sido verificados desde a idade pediátrica e estendem-se a vários tipos de infeções respiratórias, desde a síndrome gripal, às infeções bacterianas ou mesmo à otite média aguda.6-8

O potencial benefício dos probióticos também se estende às doenças respiratórias crónicas e há evidência de que o desequilíbrio da microbiota intestinal está intimamente relacionado com o desenvolvimento de doença pulmonar obstrutiva crónica (ou DPOC), asma brônquica e de cancro do pulmão.11,12 O Lactobacillus rhamnosus GG, por exemplo, apresenta um potencial benefício na diminuição do risco de asma e rinite alérgica.13,14

D.0005/2021

 

Veja o vídeo

 

Referências bibliográficas

1. Rauch M, Lynch SV. The potential for probiotic manipulation of the gastrointestinal microbiome. Curr Opin Biotechnol. 2012;23(2):192-201.

2. Liu, et al. Lactobacillus rhamnosus GG supplementation for preventing respiratory infections in children: a metaanalysis of randomized, placebo-controlled trials. 2013.

3. Rautava, et al. Specific probiotics in reducing the risk of acute infections in infancy: a randomized, double blind, placebo-controlled study. (Lactobacillus rhamnosus LGG® and Bifidobacterium animalis spp. lactis BB-12®). 2019

4. Gill HS, Rutherfurd KJ, Prasad J, Gopal PK. Enhancement of natural and acquired immunity by Lactobacillus rhamnosus (HN001), Lactobacillus acidophilus (HN017) and Bifidobacterium lactis (HN019). Br J Nutr. 2000 Feb;83(2):167-76. doi: 10.1017/s0007114500000210.

5. Kikuchi Y, Kunitoh-Asari A, Hayakawa K, Imai S, Kasuya K, Abe K, Adachi Y, Fukudome S, Takahashi Y, Hachimura S. Oral administration of Lactobacillus plantarum strain AYA enhances IgA secretion and provides survival protection against influenza virus infection in mice. PLoS One. 2014 Jan 22;9(1): e86416. doi: 10.1371/journal.pone.0086416.

6. Pregliasco F, Anselmi G, Fonte L, Giussani F, Schieppati S, Soletti L. A new chance of preventing winter diseases by the administration of synbiotic formulations. J Clin Gastroenterol. 2008 Sep;42 Suppl 3 Pt 2:S224-33. doi: 10.1097/MCG.0b013e31817e1c91.

7. Rautava S, Salminen S, Isolauri E. Specific probiotics in reducing the risk of acute infections in infancy–a randomised, double-blind, placebo-controlled study. Br J Nutr. 2009 Jun;101(11):1722-6. doi: 10.1017/S0007114508116282.

8. King S, Tancredi D, Lenoir-Wijnkoop I, Gould K, Vann H, Connors G, Sanders ME, Linder JA, Shane AL, Merenstein D. Does probiotic consumption reduce antibiotic utilization for common acute infections? A systematic review and meta-analysis. Eur J Public Health. 2019 Jun 1;29(3):494-499. doi: 10.1093/eurpub/cky185.

11. Bingula R, Filaire M, Radosevic-Robin N, et al. Desired turbulence? Gutlung axis, immunity, and lung cancer. J Oncol 2017;2017:1–15.

12. Dumas A, Bernard L, Poquet Y, et al. The role of the lung microbiota and the gut-lung axis in respiratory infectious diseases. Cell Microbiol 2018;20:1–9.

13. Du X, Wang L, Wu S, Yuan L, Tang S, Xiang Y, Qu X, Liu H, Qin X, Liu C. Efficacy of probiotic supplementary therapy for asthma, allergic rhinitis, and wheeze: a meta-analysis of randomized controlled trials. Allergy Asthma Proc. 2019 Jul 1;40(4):250-260. doi: 10.2500/aap.2019.40.4227.

14. Miraglia Del Giudice M, Indolfi C, Capasso M, Maiello N, Decimo F, Ciprandi G. Bifidobacterium mixture (B longum BB536, B infantis M-63, B breve M-16V) treatment in children with seasonal allergic rhinitis and intermittent asthma. Ital J Pediatr. 2017 Mar 7;43(1):25. doi: 10.1186/s13052-017-0340-5.

 

SYMBIOSYS® Defencia Adults® e Defencia Kids® são suplementos alimentares que não devem substituir um estilo de vida saudável e uma dieta variada e equilibrada. Não exceda a dose diária recomendada. Mantenha fora do alcance de crianças. Para mais informações contacte: Biocodex Unipessoal Lda., Avenida Da República 18, 11°, 1050-191 Lisboa, NIPC 515036684. Email: info@biocodex.pt. Tel:211 319 134 (D.0005/2021).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here