Guia de compras para uma alimentação equilibrada

0

Preparar diariamente refeições equilibradas, ricas em nutrientes e, ainda por cima, variadas, não é tarefa fácil. É preciso que as necessidades nutricionais de toda a família sejam satisfeitas, sem desequilíbrios dietéticos nem económicos. O processo de decisão começa no supermercado.

 

Caneta e papel na mão. A palavra de ordem é economizar, planear as compras e reduzir as despesas inúteis. Não há dúvida de que a crise levou a que muitas famílias tivessem que “apertar o cinto”, logo a frase de ordem é: encontrar os alimentos com o menor preço possível, mas com boa qualidade.

É claro que não é nada fácil vencer este desafio, principalmente quando o supermercado é uma verdadeira tentação. Mas se está disposta(o) a enfrentar os preços, mãos à obra. Comece desde já a eliminar os gastos mais superficiais. Resume-se aqui alguns truques que podem ajudá-la(o) a controlar o terrível gesto de comprar por impulso.

30 Truques

1- Não vá às compras com fome! Com fome, compramos mais do que precisamos e já que os alimentos estão em casa, vamos acabar por comê-los.

2- Faça uma lista de compras daquilo que realmente precisa, deixando o “menos essencial” de lado, e comece as compras pelo setor dos hortofrutícolas. Desta forma, enchemos o carrinho com frutas, vegetais e legumes (que são volumosos), deixando muito pouco espaço para os outros “itens” que geralmente nos engordam mais.

3- Evite passar pelo corredor dos doces e dos aperitivos salgados, porque basta olharmos para abrir logo o apetite; e o que é pior é que fica mais difícil resistir a estas tentações.

4- Se possível, compare os produtos alimentares, lendo os rótulos e escolha os menos calóricos e os que contenham menor quantidade de gordura. Existem muitas opções no mercado de produtos mais saudáveis e igualmente muito saborosos.

5- Tenha em atenção aos lançamentos de novos produtos alimentares: se necessário, peça mais informações sobre esses novos produtos juntos dos funcionários ou de profissionais especializados, como o nutricionista. As novidades de alimentos diet, light, biológicos, glúten free, lactose free e/ou mais saudáveis aparecem quase todos os dias. Porém, não se iluda com as ofertas, levando quantidades desnecessárias, porque quando consumidos em excesso estes alimentos aumentam o valor calórico diário.

Leia o artigo completo na edição de setembro 2018 (nº 286)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA