Desconforto do trato urinário?

0

Acaba de chegar ao mercado um novo suplemento alimentar que combina duas estirpes de bactérias probióticas(1)  com evidência científica contra a proliferação de bactérias nocivas. Contém ainda arando vermelho, uma baga da família do mirtilo que também ajuda a prevenir a adesão de bactérias à bexiga. Sobretudo útil em casos de distúrbios urinários recorrentes, Symbiosys® Cystalia promove um alívio do desconforto provocado.

 

Cystalia contém as estirpes selecionadas Lactobacillus rhamnosus LR06 e Lactobacillus plantarum LP02, além de extrato de arando vermelho. A sua formulação, suportada por vários estudos científicos, contribui para o normal funcionamento do trato urinário.

Estas estirpes bacterianas são reconhecidas como seguras pela Autoridade Europeia de Segurança Alimentar. Além disso, estão protegidas da acidez gástrica, uma vez que as substâncias ativas estão revestidas por um método inovador que as torna inofensivas para o estômago.

O suplemento Symbiosys® Cystalia, da farmacêutica Biocodex, não contém alérgenos, nem são de esperar efeitos secundários. Além disso, é muito fácil de tomar: basta 1 stick de Cystalia todas as manhãs e o pó é dissolvido na boca para uma toma sem água.

Cerca de metade das mulheres em todo o mundo são afetadas por Infeções do Trato Urinário (ITU), entre estas, as cistites são as mais comuns.

As cistites acontecem quando há proliferação de Escherichia coli, responsável por 70 a 80%(2) dos casos de cistite ou por migração das bactérias E. coli do reto para a bexiga e uretra. Essa proliferação encontra-se favorecida quando há um desequilíbrio da microbiota intestinal e também em etapas específicas da vida da mulher, nas quais há menor presença de lactobacilos protetores.

O tratamento da cistite com antibióticos não está isento de efeitos secundários. Destrói as bactérias nocivas, mas também as benéficas, levando ao desequilíbrio da microbiota e ao aumento da probabilidade de recorrência das infeções (3,4).

A microbiota intestinal, anteriormente conhecida como flora intestinal, não é mais do que a população de bactérias boas e leveduras naturalmente presentes no nosso sistema digestivo. Nos adultos, a microbiota intestinal contém muitos milhões de micro-organismos vivos em equilíbrio, que desempenham um papel fundamental na saúde, em particular no trato digestivo, urinário e respiratório. Uma microbiota em desequilíbrio faz com que o sistema imunitário fique em risco.

Boas regras de higiene e uma boa alimentação em associação com probióticos e arando ajudam a prevenir os distúrbios do trato urinário.

 

 

Referências:

1 – Probióticos são, segundo a definição da Organização Mundial da Saúde, “microrganismos vivos que, quando administrados em quantidades adequadas, conferem um benefício à saúde do hospedeiro”. Os seus benefícios dependem das propriedades da estirpe, ciclo de vida, do processo de fabrico e método de armazenamento, do seu estado, nível de evidência e dose efetiva e da via de administração (oral ou tópica).

2 – Cistite não complicada na mulher. Associação Portuguesa de Urologia. Setembro 2008.

3 – Khoo, C., & Liu, H. (2018). Effect of Cranberry Polyphenols and Metabolites on Microbial Activity and Impact on Urinary Tract Health. Polyphenols: Prevention and Treatment of Human Disease, 89-105. doi: 10.1016/B978-0-12-813008-7.00008-4

4 – Maki, K. et al. Consumption of a cranberry juice beverage lowered the number of clinical urinary tract infection episodes in women with a recent history of urinary tract infection. American Journal of Clinical Nutrition 103(6):1434-1442 · June 2016. doi: 10.3945/ajcn.116.130542

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here