Benefícios do desporto: verdades e mentiras

0

Cada vez mais pessoas dão importância ao exercício físico como forma de evitar os riscos de um excesso de sedentarismo. No entanto, será verdade tudo o que se diz sobre os efeitos benéficos da prática desportiva?

 

Está demonstrado que o esforço físico planificado faz com que as pessoas se sintam melhor de corpo e mente, além de fortalecer todo o sistema imunológico. Contudo, criou-se uma série de mitos ou crenças erradas que podem conduzir a práticas perigosas para a saúde do ser humano. Por outras palavras: nem tudo o que se diz sobre desporto deve ser tomado à letra.

Qualquer exercício físico é adequado para a saúde

FALSO. Tudo depende da condição física de cada pessoa, bem como da frequência e intensidade do desporto que se pratica. Sobretudo, há que ter em conta que, se se realiza um treino intenso, de forma inadequada, este pode prejudicar gravemente a saúde.

Fazer desporto é a única forma de emagrecer

Não é verdade. Para perder peso, é preciso, em primeiro lugar, alterar os hábitos alimentares. Perante esta atitude, o desporto é um excelente complemento para fortalecer os músculos e ajudar a queimar calorias. Quando se pretende emagrecer, de nada serva fazer uma hora de bicicleta e, logo depois, comer um enorme prato de massa com natas.

Por outro lado, é preciso recordar que, quando se inicia a prática desportiva regular, o normal é aumentar ligeiramente de peso, devido ao desenvolvimento dos músculos, que pesam mais do que a gordura.

Fazendo desporto, pode comer-se de tudo

Errado. Se se pratica muito exercício físico, tem-se menos risco de engordar, comendo de tudo. Porém, nada de exageros. Neste caso, aplica-se a seguinte regra: se comer mais do que aquilo que consegue queimar, engordará.

As picadas musculares são sinal de um treino eficaz

Não. As picadas são micro ruturas que se produzem nos músculos, quando estes são sobrecarregados. Isto ocorre quando se faz um esforço ao qual o corpo não está habituado. Portanto, aquilo que as picadas indicam é que se acaba de efectuar um treino excessivo ou mal executado. Não são um bom sintoma, pelo que devem ser evitadas.

A melhor receita contra as picadas é repetir os mesmos movimentos que as provocaram

Pelo contrário. Os músculos danificados necessitam recuperar. Se voltarmos a fazer os mesmos exercícios, arriscamo-nos a aumentar a extensão das lesões. As micro ruturas musculares curam-se sozinhas, mas é conveniente apoiar o processo curativo com exercícios suaves, como alongamentos lentos, exercícios de ginástica ligeiros ou natação. Estes movimentos melhoram a irrigação sanguínea da zona lesionada e aceleram a recuperação.

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA