Suar para perder peso: quais os melhores exercícios para emagrecer?

Qual o segredo para alcançar os melhores resultados de perda de peso através do exercício físico? Quais os exercícios que queimam mais calorias? Bem, a maioria dos especialistas concorda que o treino ideal para perder massa gorda é constituído pela conjugação de exercícios aeróbicos e treino de força. Vamos suar!

 

Comecemos pelo menos óbvio. Parece estranho, mas o chamado treino de força, com pesos livres ou máquinas de resistência, é essencial para emagrecer. Bastam suas sessões por semana para promover adaptações no organismo (aumento do tónus muscular e ganho de resistência muscular) que ajudam a gastar calorias mesmo quando não se está a fazer exercício. Como? Além de o gasto calórico pós-treino ser elevado, para permitir a recuperação dos músculos (pode estender-se até 48h depois do treino), os exercícios com pesos promovem adaptações que induzem o ganho de massa muscular.

Por isso, para o corpo conseguir “alimentar” esse aumento de músculo vai necessitar de gastar mais calorias. Assim, promove-se um gasto calórico total diário maior, quando comparado com o de indivíduos que só fazem treino cardiovascular.

É preciso combinar

O treino cardiovascular pode promover, numa boa parte dos casos, um gasto calórico total maior que o treino de pesos; no entanto, as calorias gastas após o exercício, para trazer o corpo de volta à normalidade, são muito menores quando comparadas com as de um treino de pesos.

Para emagrecer, a melhor solução é a combinação dos dois tipos de treino. Contudo, o segredo passa por uma periodização do treino, que permita dar diferentes estímulos ao organismo, de forma a não permitir que o corpo se habitue totalmente ao treino imposto e assim promover adaptações contínuas. Para o fazer da forma mais segura e eficaz, deve aconselhar-se com um especialista.

Especialista a queimar calorias

Não obstante tudo o que acabou de ser dito, é inegável que o treino cardiovascular – ou aeróbico – é um “especialista” a queimar calorias. São os exercícios aeróbicos os  responsáveis por arrancarem mais suor do corpo e, consequentemente, ajudarem a baixar mais drasticamente o ponteiro da balança.

Porém, a sua prática não pode ser deixada ao acaso, pois o ritmo com que são efetuados ou até a roupa que se usa podem comprometer o rendimento. Em seguida, vamos explorar o conceito destes exercícios e ensinar a tirar o máximo partido dos mesmos.

Ritmo constante

Quando se praticam exercícios aeróbicos, não vale a pena recorrer a picos de intensidade para assim acelerar a perda de massa gorda. O segredo está em manter um ritmo constante e moderado. É normal ver nas passadeiras dos ginásios pessoas a variar entre caminhada e corrida. Mas com esta variação de intensidade, a queima de gordura não vai ser a esperada. Isto porque, nos primeiros minutos de atividade física, o corpo recorre aos hidratos de carbono como fonte de energia, o que não promove qualquer perda de gordura. A partir do momento em que se consegue manter o ritmo, a gordura é utilizada com mais facilidade.

Leia o artigo completo na edição de abril 2021 (nº 315)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here