Estímulo à hidratação

0

O mecanismo fisiológico de regulação da sede, por ser pouco sensitivo, não estimula a reidratação antes de um certo grau de desidratação, o que eleva a importância do sabor e temperatura nas bebidas para estimular a sua ingestão, mesmo na ausência de sensação de sede.

 

No dia a dia, estamos constantemente a agredir o nosso corpo, principalmente o equilíbrio hídrico e de sais minerais, elementos vitais para o bem-estar e para a saúde.

A água assume uma função de extrema importância no nosso organismo, assentando todo o metabolismo humano em reações desenvolvidas em soluções aquosas. Esta transporta às nossas células nutrientes como a glicose, lípidos, hidratos de carbono, oxigénio, vitaminas, sais minerais e fitoquímicos protetores, representando ainda um papel essencial no transporte e eliminação pela urina dos produtos tóxicos resultantes do metabolismo.

A água e os sais minerais são vitais para o nosso organismo, pois são importantes na boa regulação dos sistemas nervoso e muscular e na própria reparação dos tecidos e resistência imunitária e antioxidante.

Adequada reposição

A verdade é que a perda destes elementos através do suor pode ser colmatada, se houver uma adequada reposição de água e sais minerais.

A admissão da água pode fazer-se naturalmente, através da ingestão direta e, indiretamente, através dos vários alimentos e de outros líquidos da dieta alimentar que a contêm.

Dentro dos nutrientes essenciais para o organismo, os sais minerais jogam um papel essencial no equilíbrio do mesmo, pois são constituintes estruturais dos tecidos corporais, como reguladores orgânicos que controlam os impulsos nervosos, atividade muscular, pressão sanguínea, homeostase hídrica e o balanço ácido/base do organismo. São também responsáveis pela regulação/ativação de muitas enzimas, que é uma função fundamental para o corpo humano. Para além disso, eles estão ainda intrinsecamente envolvidos no processo de crescimento e desenvolvimento corporal. Os sais minerais não são sintetizados pelo organismo, pelo que devem ser obtidos através de uma boa alimentação, que inclui as bebidas.

Leia o artigo completo na edição de julho/agosto 2018 (nº 285)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA