Alergologia Molecular: maior precisão no diagnóstico das alergias

0

A precisão do diagnóstico de certos tipos de alergias está a ser melhorada através da Alergologia Molecular. Muitos doentes alérgicos poderiam beneficiar com este diagnóstico, porém, é uma técnica ainda bastante dispendiosa.

As técnicas para estudar as doenças alérgicas melhoraram drasticamente nos últimos anos, sendo o avanço mais significativo o do diagnóstico molecular. Este tipo de diagnóstico permite analisar várias moléculas alergénicas em simultâneo e com uma amostra de sangue relativamente pequena.

Cerca de 300 investigadores e clínicos do mundo inteiro encontraram-se recentemente em Lisboa, no 6.º Simpósio Internacional sobre Alergologia Molecular (ISMA 2015), organizado pela Academia Europeia de Alergologia e Imunologia Clínica, para debater as vantagens e implicações deste método de diagnóstico.

Um novo alergénio de ácaros

A alergia aos ácaros domésticos é uma das alergias mais frequentes na Europa e um importante indutor da asma alérgica: 50% de todos os doentes alérgicos são alérgicos a ácaros, o que totaliza cerca de 10% da população.

A descoberta de um novo alergénio de ácaros, designado Der p 23, pode melhorar a precisão do diagnóstico de doentes alérgicos aos ácaros que sofrem de rinite, asma e dermatite atópica.

O Der p 23 é um alergénio importante, que pode ser encontrado nas fezes dos ácaros e, portanto, no pó da casa, principalmente na cama. No entanto, está ausente da maioria dos extratos que são utilizados para o diagnóstico de alergia aos ácaros e imunoterapia. “Esta descoberta é de elevada importância, porque 70% dos doentes alérgicos aos ácaros reagem fortemente a ele. Devido à sua elevada frequência e atividade alérgica, o Der p 23 tem de ser considerado um componente essencial no diagnóstico e imunoterapia específica da alergia aos ácaros domésticos” explica a Dra. Susanne Vrtala, da Divisão de Imunoterapia da Universidade Médica de Viena (Áustria).

Leia o artigo completo na Edição de Dezembro 2015 (nº 256)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA