Achaques da idade

0

Idade não é sinónimo de doença. Contudo, é importante conhecer as doenças mais comuns a partir da meia-idade, para estabelecer as melhores estratégias de prevenção e tratamento.

Doenças cardiovasculares

As patologias cardiovasculares detêm um posição muito relevante nos problemas de saúde, a partir da meia-idade. As doenças do coração e do aparelho circulatório mais destacadas são a hipertensão arterial, a insuficiência cardíaca, a cardiopatia isquémica e o acidente vascular cerebral.

Segundo os especialistas, para prevenir as doenças do coração, além de levar uma vida ativa, é necessário efetuar exames periódicos a partir dos 50 anos, que permitam controlar os valores da tensão arterial, o colesterol e os triglicéridos. Também há que evitar o tabaco.

Hipertensão arterial

A hipertensão arterial é um dos principais fatores de risco para os problemas cardiovasculares. A tensão arterial traduz a pressão com que o sangue circula nas artérias. Quando se detetam valores acima dos normais (140/90 mmHg), diz-se que estamos em presença de hipertensão. Estima-se que cerca de 60% das pessoas com mais de 65 anos sofram desta condição.

Reduzir o consumo de sal, evitar as carnes vermelhas, praticar exercício físico moderado e evitar o tabaco e o álcool são práticas que ajudam o doente hipertenso.

Insuficiência cardíaca

A insuficiência cardíaca é uma alteração da função do coração, na qual este se torna incapaz de bombear o sangue de forma adequada às necessidades do organismo.

Como métodos preventivos estão o controlo do excesso de peso, instituir uma dieta pobre em sal e praticar exercício físico moderado.

Cardiopatia isquémica

A cardiopatia isquémica é uma afeção cardíaca na qual se produz uma deficiência na irrigação sanguínea do miocárdio – músculo cardíaco – devido à obstrução das artérias coronárias. Esta circunstância pode dar lugar à angina de peito ou ao enfarte agudo do miocárdio.

Dada a gravidade das consequências, é fundamental tratar os fatores de risco, como o tabagismo, a hipertensão arterial, a diabetes e a obesidade.

AVC

O acidente vascular cerebral consiste na obstrução de um vaso sanguíneo do cérebro. Esta afeção vascular é a segunda causa de morte em Portugal e a primeira entre a população feminina. Os fatores de risco são a hipertensão e o colesterol elevado.

Leia o artigo completo na edição de setembro 2019 (nº 297)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA