50 sugestões para alcançar a felicidade em 2016

0

A felicidade consiste num estado emocional de satisfação e bem-estar plenos. Ela assume significados particulares para cada um de nós, consoante os nossos desejos pessoais, objetivos de vida, necessidades, etc… não obstante, a adoção de determinados comportamentos e atitudes perante a vida pode ajudar-nos a atingir esse estado de felicidade plena. Leia as minhas sugestões!

Neurociencias 2autorArtigo da responsabilidade da Dra. Cláudia Madeira Pereira, Psicóloga Clínica e da Saúde

  1. Estabeleça objetivos e faça planos para atingi-los. Alcançar “metas” pessoais é fundamental para a nossa felicidade.
  1. Passe tempo com a família e os amigos. O desenvolvimento das nossas relações familiares e sociais é determinante para o nosso bem-estar.
  1. Pense positivo! Pensar positivo aumenta as nossas possibilidades de êxito, satisfação e sucesso.
  1. Visualize-se de forma positiva a atingir os seus objetivos e a superar as suas dificuldades! Essas imagens mentais vão guiar as suas ações…
  1. Liberte-se de sentimentos de culpa! Quando errar, reconheça que errou, mas não magnifique as suas falhas. Perdoe-se!
  1. Aceite que não pode saber tudo… É esgotante pensar que devemos saber tudo. Quando nos apercebemos que não conhecemos ou sabemos fazer algo, devemos aceitar e reconhecer isso naturalmente.
  1. Expresse as suas emoções e sentimentos às pessoas que são importantes para si. A manifestação de afetos tem benefícios psicológicos não só para quem os recebe, mas também para quem os dá.
  1. Mantenha-se ocupado. Procure ocupar-se e preencher o seu tempo livre com atividades que lhe proporcionem bem-estar.
  1. Acredite em si! Lembre-se das suas qualidades, virtudes e competências. Confie nas suas capacidades!
  1. Combata a monotonia e a rotina, introduzindo coisas novas no seu dia-a-dia! Experimente uma ida ao teatro, um concerto de música, um passeio diferente, um jantar romântico…

Leia o artigo completo na Edição de janeiro 2016 (nº 257)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA