10 diferenças entre a pele do homem e a da mulher

0

Antigamente, o cuidado do homem com a pele passava, simplesmente, pelo banho e pelo barbear diários. Porém, nos últimos anos, dermatologistas testemunharam uma mudança profunda na perceção que os homens têm da sua aparência. E ao analisarem as características fisiológicas da pele masculina, chegaram a interessantes conclusões.

 

Tradicionalmente, os homens têm estado mais concentrados em questões de preparação, como numa simples limpeza e barbear, do que em questões de anti-idade. Porém, nos últimos anos, o sexo masculino está a mostrar uma maior preocupação com a sua aparência e o respetivo papel nas suas relações pessoais e, também, nas relações profissionais.

Diferentes preocupações

Devido a uma combinação específica das características fisiológicas da pele, assim como dos efeitos relacionados com a exposição solar, as principais preocupações dos homens podem ser bem diferentes das preocupações das mulheres. Os sinais da idade que as mulheres enfrentam relacionam-se com as rugas, com a pigmentação e com um tom de pele e textura desiguais. No entanto, quando um homem se olha ao espelho, tem tendência a concentrar-se nos papos dos olhos e nas olheiras, assim como no controlo da oleosidade, tamanho dos poros, acne, na irritação proveniente da barba, vermelhidão e nas rugas mais profundas.

Diferentes características

De acordo com investigações, são 10 as razões pelas quais a pele do homem é diferente da pele da mulher. A saber:

  1. A PELE DOS HOMENS É MAIS ESPESSA – Contém mais de 25% de colagénio. Enquanto a diminuição anual deste componente essencial da estrutura da pele é comparável (aproximadamente 1% por ano) à das mulheres, como a pele dos homens é mais espessa, assim permanece toda a vida.
  2. A PELE DOS HOMENS FORMA RUGAS MAIS DENSAS – Uma quebra na quantidade e qualidade de colagénio na pele ocorre, não só pelo envelhecimento natural, mas também devido a fatores ambientais, incluindo danos UV. Mas como os homens têm uma quantidade grande de colagénio, quando isto acontece pode levar a um colapso de colagénio em certas áreas. E, assim, os homens têm tendência a desenvolver linhas menos finas que as das mulheres, sendo que, em certas áreas, eles formam vincos e rugas mais profundas.

Leia o artigo completo na edição de novembro 2019 (nº 299)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA