Fisioterapia: solução para muitos problemas

0

Se sofreu uma lesão durante a atividade física, se sente dores na coluna vertebral, se perdeu mobilidade após uma fratura ou outra lesão, se apresenta alterações posturais e a dor e o cansaço são uma constante, se é uma pessoa preocupada com a sua saúde, então poderá encontrar na fisioterapia a solução para muitos dos seus problemas.

 

A fisioterapia é utilizada para prevenir ou reduzir a rigidez articular e restaurar a força muscular, no tratamento da artrite ou após a consolidação de uma fratura. É, igualmente, utilizada para reduzir dores, inflamações e espasmos musculares e para exercitar as articulações e os músculos após um acidente vascular cerebral ou uma lesão dos nervos.

Os métodos de tratamento utilizados pelos fisioterapeutas incluem exercícios, que podem ser ativos ou passivos, a massagem, o tratamento pelo calor, o frio, a água (hidroterapia) e a estimulação elétrica nervosa transcutânea.

A fisioterapia ocupa-se, também, de outros problemas, como a manutenção da capacidade respiratória, em pessoas que sofrem de insuficiência da função pulmonar, ou da prevenção e tratamento de complicações pulmonares, na sequência de intervenções cirúrgicas. Os fisioterapeutas intervêm, também, no tratamento de doenças respiratórias graves, como a bronquite crónica, e nos cuidados relativos às necessidades respiratórias de doentes que estejam ligados a ventiladores ou em pós-operatório de uma grande cirurgia.

A hidroterapia é uma componente muito importante da Fisioterapia. Inclui a prática de exercícios dentro de água, banhos em jaccuzis e duches. As pessoas que não conseguem apoiar-se completamente num membro, por exemplo, podem exercitar-se, de modo mais completo e eficaz, numa piscina de reabilitação. A sustentação proporcionada pela água permite um maior leque de movimentos e uma maior utilização do membro afetado, sem grande incómodo para o doente.

Estratégia consistente

A fisioterapia presta serviços a pessoas e populações, com o fim de desenvolver, manter e restaurar o movimento e a capacidade funcional, através de todo o ciclo de vida. A especialidade inclui a prestação de serviços em circunstâncias em que o movimento e a função estão ameaçados pelo processo de envelhecimento, por lesão ou doença. Movimento completo e funcional encontram-se no âmago do significado de ser saudável.
A fisioterapia envolve a interação entre fisioterapeutas, doentes, famílias e prestadores de cuidados, num processo de avaliação do potencial de movimento e no estabelecimento de objetivos e metas, usando conhecimentos e competências únicos dos fisioterapeutas.

A visão diferente do corpo e das suas necessidades de movimento e potencial, pelo fisioterapeuta, é fulcral na determinação do seu diagnóstico e estratégia de intervenção e é consistente qualquer que seja o ambiente onde pratica. Estes espaços variarão consoante a fisioterapia seja praticada numa perspetiva de promoção de saúde, prevenção, tratamento ou reabilitação.

Leia o artigo completo na edição de outubro 2020 (nº 309)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here