Médicos debatem desafios da endometriose

0

O Centro Especializado em Endometriose do Hospital Lusíadas Lisboa vai promover, no próximo dia 22 de fevereiro, pelas 20h, no auditório do novo edifício do hospital, uma reunião de formação avançada para profissionais de saúde dedicada ao tema da endometriose.

A reunião clínica tem em vista promover a partilha de informação em torno dos desafios que os ginecologistas enfrentam no diagnóstico e tratamento da endometriose.

“Temos profissionais vocacionados para todas as vertentes desta doença, com o intuito da diagnosticar e tratar a endometriose num mesmo Centro, numa lógica integrada. O Centro dispõe de Cirurgia Minimamente Invasiva e de técnicas de Procriação Medicamente Assistida, quando o problema é a infertilidade, congregando ainda especialistas da Dor, que permitem aliviar este sintoma, tão frequente nestas mulheres, sobretudo durante a menstruação e nas relações sexuais”, revela Fátima Faustino, responsável do Centro .

A endometriose é uma doença benigna que pode afetar uma em cada dez mulheres e carateriza-se pelo crescimento de tecido endometrial fora do seu local habitual, que é a cavidade uterina. Sempre que ocorre a menstruação existe sangramento nessas zonas, o que provoca uma reação inflamatória crónica que produz aderência nos órgãos e o crescimento de tumores que, apesar de benignos, provocam dor e, em muitos casos, infertilidade.

A reunião realiza-se no Hospital Lusíadas Lisboa e vai ser transmitida, por videoconferência, em todos os hospitais do grupo. A participação nesta iniciativa é gratuita e as inscrições podem ser realizadas através do contacto: rp@lusiadas.pt.

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA