Dieta antigripe

0

Quando o frio chega, torna-se fundamental reforçar as defesas. O sedentarismo, o stress, o tabaco e o abuso dos antibióticos debilitam o organismo; pelo contrário, o repouso, o desporto e uma boa alimentação reforçam-no.

 

Pequeno-almoço

  • Geleia real em jejum e sumo de frutas ricas em vitamina C (laranja, limão, toranja, morango, framboesa, kiwi).
  • Tostas com alho cru e paté vegetal ou compota de frutas.
  • Uma peça de fruta ou um sumo de laranja (com pólen e mel) e muesli.

 

Meio da manhã

  • Barra de cereais.
  • Sumo ou uma peça de fruta ou, ainda, uma infusão antigripal com mel e limão.

 

Almoço

Entrada

  • Todo o tipo de saladas, sobretudo com agriões, rúcula, canónigos, tomate, pimento, morangos, kiwi, brócolos e couve-flor. É recomendável temperá-las com molhos de limão, mel ou frutos vermelhos.

Prato principal (escolha uma opção)

  • Peixe no forno com alho e gengibre ou com outras especiarias e acompanhados de cereais e verduras salteadas.
  • Ovos cozidos ou mexidos.
  • Leguminosas e cereais com verduras no forno e algas espirulina, dulse ou hiziki.

Sobremesa

  • Salada de frutas naturais.

 

Lanche

  • Barra de arroz tufado.
  • Infusão de mel e limão.

 

Jantar

Entrada

  • Creme de verduras e hortaliças – brócolos, curgetes, cenouras e batata, temperado com azeite de cominhos e/ou levedura.
  • Papaia e manga.

Prato principal

  • Tofu em lasanha ou no forno ou salteado com cereais e verduras ao vapor.

Sobremesa

  • Uma peça de fruta ou uma infusão antigripal com mel e limão.
  • Geleia real, antes de deitar.

 

Leia o artigo completo na edição de janeiro 2017 (nº 268)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA