Congestão nasal: um incómodo comum nesta época do ano

0

A CONGESTÃO NASAL É UM DOS SINTOMAS ASSOCIADOS À RINITE ALÉRGICA, TÃO COMUM NESTA ÉPOCA DO ANO, MAS TAMBÉM À SINUSITE, À GRIPE E À CONSTIPAÇÃO, ENTRE OUTRAS CAUSAS. QUALQUER QUE SEJA A ORIGEM, É UM INCÓMODO PARA A VIDA QUOTIDIANA.

Um nariz saudável filtra o ar inspirado, permitindo que este esteja quente e húmido aquando da sua entrada nos pulmões. Desta forma o tecido pulmonar encontra-se protegido contra o ar frio e seco, bem como de eventuais partículas inaladas (pó, pólen, vírus, etc.).
Quando o funcionamento normal do nariz é perturbado, pode ocorrer congestão nasal. Esta ocorre devido à dilatação dos vasos sanguíneos provocada por uma resposta inflamatória na cavidade nasal.
A congestão nasal, conhecida popularmente como nariz entupido, para além da gripe e constipação, pode ter outras causas, tais como:
-rinite
-sinusite
-fatores físicos (fumo, ar frio e seco)
– Alguns medicamentos (anti hipertensores; psicofármacos, etc.)

E AGORA? COMO DESCONGESTIONAR O NARIZ?
-Beba muitos líquidos
-Evite o álcool, a cafeína e o tabaco
-Humidifique o ambiente (temperatura entre 18 e 20°C e humidade entre 60 e 80%)
-Faça inalações de água salgada
-Evite assoar o nariz com demasiada força

Se estas medidas não se revelarem suficientes, a abordagem terapêutica mais comum é a utilização de descongestionantes nasais tópicos, recorrendo a princípios ativos como a oximetazolina. A administração da oximetazolina por via nasal proporciona uma ação rápida e prolongada na redução da congestão e da hipersecreção da mucosa. Poucos minutos após a aplicação, ocorre uma melhoria da congestão nasal que permanece até 12 horas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here