Conheça os sintomas e tratamentos da rinite alérgica, uma condição comum que afeta muitas pessoas em Portugal e em todo o mundo.

A rinite alérgica é uma condição comum que afeta as vias respiratórias superiores, caracterizada pela inflamação da mucosa nasal em resposta a alergénios específicos. Estes alergénios podem incluir pólenes, ácaros, epitélio de animais e fungos. A prevalência da rinite alérgica tem aumentado significativamente nas últimas décadas, afetando milhões de pessoas em todo o mundo, e Portugal não é exceção.

SINTOMAS E DIAGNÓSTICO

Os sintomas da rinite alérgica variam de pessoa para pessoa, mas geralmente incluem espirros frequentes, obstrução/congestão nasal, corrimento aquoso e comichão no nariz, garganta ou olhos. Em alguns casos, os sintomas podem ser graves o suficiente para interferir nas atividades diárias e no sono.

O diagnóstico da rinite alérgica é baseado na história clínica do doente, sintomas relatados e testes de alergia. Os testes de alergia, como o teste cutâneo ou os testes sanguíneos de IgE específicos, podem identificar quais os alergénios que desencadeiam reações no doente.

TRATAMENTO

O tratamento da rinite alérgica geralmente envolve uma abordagem multifacetada, que pode incluir medidas de controlo ambiental, medicamentos e imunoterapia. As medidas de controlo ambiental visam reduzir a exposição aos alergénios, como usar capas de colchão e almofadas antiácaros, manter a casa livre de bolores/fungos e evitar contato com animais de estimação que desencadeiem sintomas.

Os medicamentos usados no tratamento da rinite alérgica incluem anti-histamínicos, corticosteroides nasais, descongestionantes e, em alguns casos, antileucotrienos. Estes medicamentos ajudam a aliviar os sintomas e reduzir a inflamação nasal. No entanto, é importante consultar um médico antes de iniciar qualquer tratamento, pois alguns medicamentos podem ter efeitos secundários e interações com outras condições médicas.

Para doentes com rinite alérgica grave ou sintomas persistentes que não respondem ao tratamento convencional, a imunoterapia pode ser uma opção. A imunoterapia, também conhecida como vacina contra a alergia, envolve a administração controlada de doses crescentes do alergénio ao longo do tempo, com o objetivo de dessensibilizar o sistema imunológico e reduzir a resposta alérgica.

RESUMINDO

Em resumo, a rinite alérgica é uma condição comum que afeta muitas pessoas em Portugal e em todo o mundo. Os sintomas podem ser incómodos e interferir na qualidade de vida, mas existem várias opções de tratamento disponíveis para ajudar a aliviar os sintomas e melhorar o conforto dos doentes. É importante procurar orientação médica para um diagnóstico preciso e um plano de tratamento adequado.